nunca desistir - aprendi com o Kunumi MC

Caoticat é um povo que cria intimidade muito fácil. falou A, a gente já tá trocando áudio com reflexiones, receita de pamonha, memes ecologicamente corretos&irônicos e vídeos de gato chupando manga (acontece).


numa dessas @bettvett me enviou o perfil de @kunumi.mc pra romper com mais uma bolha do meu universinho caótico: literatura nativa, rap indígena. toda uma guerra, narrada com suavidade, com bondade. ariana pouco intensa que sou, mergulhei. e não com frio, mas com uma GEADA na barriga, topei convidá-los pro @cm_saopaulo


no último mês, marretei vários tijolos internos pra desconstruir umas ideias fixas na minha cabezita. revi conceitos sobre ser comunicóloga e ~saber me comunicar. revi a rigidez organizacional, os scripts, os papéis. revi definições da arte e também aquele "consenso" de que a internet é uma super festa que todo mundo quer fazer parte e se divertir d+++.



então, hoje brotou, regado a lágrimas, esse encontro/aula com Kunumí e seu pai @olivio_jekupe , pessoas que eu pre ci so encontrar e olhar no olho no pós-pandemia.


e só fica cada vez mais nítido que, enquanto o Serumano Civilizated™ se estapeia na busca por realização-sucesso-cura-fórmulas, eles já tem todas as respostas. e elas vem da consciência de que somos natureza.



minha nossa, muito o que aprender.


mas a principal lição que fica é:


nunca desistir. 🎵




[clique aqui para visualizar a publicação no Instagram @caoticasuave]

diga-me o que desejas, o que piensas...

© 2020 Caótica Suave.